April 10, 2014 / 5:53 PM / in 3 years

Velocista jamaicano Powell pega 18 meses de suspensão por doping

2 Min, DE LEITURA

Por Kayon Raynor

KINGSTON, 10 Abr (Reuters) - O ex-recordista mundial dos 100 metros rasos Asafa Powell foi suspenso por 18 meses por uma comissão disciplinar antidoping da Jamaica nesta quinta-feira, após ter sido flagrado em um exame realizado no ano passado.

O velocista jamaicano, de 31 anos, teve um exame antidoping positivo para o uso do estimulante oxilofrina no campeonato nacional do ano passado e a punição tem como data de início 21 de junho de 2013, dia em que ele forneceu a amostra. A suspensão termina em 20 de dezembro.

Powell disse que vai recorrer da decisão.

"Esta decisão não é apenas injusta, é patentemente injusta", disse ele em comunicado.

"Comissões como essa, eu entendo, foram criadas para permitir que os atletas que, consciente ou inconscientemente, entram em conflito com as regras do esporte tenham uma chance de redenção equitativa. Infelizmente, este não foi o caso", acrescentou.

"Esta é a primeira vez em quase 12 anos no esporte e mais de 150 testes que eu tenho resultado adverso. É para um estimulante, um estimulante que só é proibido durante a competição e os especialistas declararam que não tem efeitos para melhorar o desempenho", disse.

O presidente do comitê disciplinar, Lennox Gayle, afirmou: "A comissão chegou a uma decisão unânime, e é uma decisão que, em todas as circunstâncias, o sr. Powell foi considerado negligente e culpado, especialmente à luz do fato de que ele é um atleta de elite."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below