Obra de arquibancada provisória da Arena Corinthians é liberada

sexta-feira, 11 de abril de 2014 18:59 BRT
 

11 Abr (Reuters) - O Ministério do Trabalho autorizou nesta sexta-feira a retomada da obra de instalação das arquibancadas temporárias da Arena Corinthians, que estava paralisada desde a morte de um operário em um acidente no mês passado, informou a empresa responsável pelo trabalho no estádio de abertura da Copa do Mundo.

A Fast Engenharia informou que a empresa cumpriu as determinações de segurança impostas pela Delegacia Regional do Trabalho após o acidente, e que a instalação das arquibancadas temporárias do setor norte será retomada. As obras do setor sul foram retomadas no início desta semana.

"Ainda que os trabalhos tenham sido interrompidos por quase duas semanas, a Fast se compromete a entregar as arquibancadas provisórias dentro do cronograma previamente estipulado, com término da obra previsto para a primeira quinzena de maio", informou a empresa em comunicado.

Os trabalhos de colocação das arquibancadas provisórias foram interrompidos dois dias depois que um operário morreu no local ao cair de uma altura de 8 metros, no dia 29 de março.

As arquibancadas temporárias são necessárias para ampliar a capacidade do estádio em 20 mil lugares, totalizando cerca de 68 mil pessoas, para receber a abertura do Mundial, em 12 de junho. As obras no restante da arena prosseguiram normalmente durante a paralisação.

A morte do operário que trabalhava na instalação das arquibancadas provisórias foi a terceira que ocorreu durante a realização das obras do estádio, conhecido como Itaquerão.

No fim de novembro, a queda de um guindaste deixou dois operários mortos e atrasou ainda mais a entrega da arena, que deveria ter sido concluída em dezembro.

O novo cronograma prevê o primeiro teste do estádio para 17 de maio, menos de um mês antes do jogo de abertura da Copa, entre Brasil e Croácia.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

 
Labourers work on the construction of the Arena de Sao Paulo Stadium, one of the venues for the 2014 World Cup, in the Sao Paulo district of Itaquera April 1, 2014. Brazilian authorities halted work at the temporary stands of the stadium that will host the opening match of this year's World Cup following the death of a worker, the company in charge of the construction said on March 31, 2014. Operários trabalham na construção da Arena Corinthians, em São Paulo. O Ministério do Trabalho autorizou nesta sexta-feira a retomada da obra de instalação das arquibancadas temporárias do estádio, que estavam paralisadas em decorrência da morte de um operário em um acidente no mês passado. 31/03/2014 REUTERS/Paulo Whitaker