Chega ao fim greve nas obras do Parque Olímpico do Rio

quinta-feira, 17 de abril de 2014 14:51 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 17 Abr (Reuters) - Depois de duas semanas de paralisação, os trabalhadores do Parque Olímpico do Rio de Janeiro decidiram nesta quinta-feira encerrar a greve que afetava uma das principais obras dos Jogos de 2016, de acordo com o consórcio responsável pela obra e o sindicato da categoria.

A retomada dos trabalhos nesta quinta foi parcial, e os 2.500 operários devem voltar normalmente ao trabalho somente depois do feriado da Páscoa, de acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Rio, Antonio Figueiredo Souza.

"A greve acabou. Acreditamos que o consórcio vai avançar nas negociações, mas se não acontecer podemos parar de novo", disse à Reuters o presidente do sindicato, acrescentando que a volta ao trabalho foi acertada mediante aumento no valor do tíquete refeição e a manutenção das negociações.

Além do aumento no valor do benefício, os trabalhadores reivindicam aumento no prêmio de assiduidade e pagamento de 100 por cento de hora extra nos dias trabalhados nos fins de semana.

Apesar das duas semanas de paralisação, tanto o consórcio como o sindicato garantiram que o prazo de entrega da construção não foi comprometido e permanece sendo no primeiro semestre de 2016.

O Parque Olímpico é uma das principais obras dos Jogos de 2016 e vai ser palco de 16 modalidades esportivas durante a Olimpíada.

(Por Rodrigo Viga Gaier)