Valcke admite que estádio de SP ficará pronto no "último minuto" para Copa

terça-feira, 22 de abril de 2014 20:32 BRT
 

SÃO PAULO, 22 Abr (Reuters) - O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou após visitar o estádio de São Paulo que a sede da abertura da Copa do Mundo ficará pronta "no último minuto" e acrescentou que vai verificar problemas que estão ocorrendo nas arenas de Porto Alegre e Curitiba, também atrasadas.

A menos de dois meses do primeiro jogo do Mundial, no dia 12 de junho entre Brasil e Croácia, a Arena Corinthians ainda não está completamente pronta. As arquibancadas provisórias, que aumentarão a capacidade do estádio de 48 mil para 68 mil lugares, estão sendo colocadas e a cobertura também não está finalizada, assim como as obras no entorno do estádio.

"O que posso dizer é que o cronograma é apertado, ficará pronto no último minuto, mas estará pronto para a abertura da Copa do Mundo", disse Valcke aos jornalistas.

"Não há um minuto a perder nesta reta final", completou. As obras na arena deveriam ter ficado prontas em dezembro, mas houve atraso devido a um acidente no final de novembro, que deixou dois operários mortos. Um outro trabalhador morreu em março ao cair de uma altura de 8 metros.

"Mesmo com esse atraso, teremos condições de cumprir com o que foi anunciado", disse o ministro do Esporte, Aldo Rebelo. Os atrasos, no entanto, fizeram com que o estádio tenha apenas um evento-teste para a Copa e com menos torcedores do que sua capacidade total.

"Com três semanas de antecedência, poderemos corrigir eventuais problemas", disse Valcke, que sempre defendeu a realização de vários eventos-teste antes do Mundial.

Das 12 arenas do Mundial, três ainda não foram concluídos -além de São Paulo, Curitiba e Cuiabá estão em obras— e o estádio de Porto Alegre, o Beira-Rio, também está causando dor de cabeça à Fifa, apesar de já ter sido inaugurado.

Valcke, que fará visitas nesta semana em Cuiabá e Curitiba, admitiu que há impasses em Porto Alegre e na capital paranaense, que correu risco de ficar fora da Copa do Mundo e só foi reconfirmada como sede no final de fevereiro.

O dirigente, no entanto, não deu detalhes sobre os "problemas", apenas disse que vai saber o que está acontecendo durante inspeções nesta semana.   Continuação...

 
Valcke fala durante uma coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, em março. O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou após visitar o estádio de São Paulo que a sede da abertura da Copa do Mundo ficará pronta "no último minuto" e acrescentou que vai verificar problemas que estão ocorrendo nas arenas de Porto Alegre e Curitiba, também atrasadas. 27/03/2014 REUTERS/Ricardo Moraes