Arena Corinthians pode ter mais um evento-teste antes da Copa

sexta-feira, 25 de abril de 2014 17:27 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 25 Abr (Reuters) - Um novo jogo-teste na Arena Corinthians está sendo negociado pelo Comitê Organizador Local da Copa do Mundo antes da entrega do estádio para uso exclusivo da Fifa no final de maio, disse nesta sexta-feira o presidente-executivo do COL, Ricardo Trade.

O estádio da capital paulista, palco do jogo de abertura do Mundial entre Brasil e Croácia, no dia 12 de junho, tem apenas um jogo-teste oficial do COL previsto por enquanto, a partida entre Corinthians e Figueirense em 17 ou 18 de maio. O jogo, no entanto, não vai testar a capacidade total do estádio. Dos 68 mil lugares, somente 50 mil serão utilizados.

"Pode ser que a gente encontre uma outra data, mais para frente, temos seis dias antes do período exclusivo para realizar um segundo jogo", disse Trade em entrevista coletiva após reunião da cúpula da organização do Mundial.

Segundo uma fonte do COL, esse segundo evento-teste, caso confirmado, seria o jogo entre Corinthians e Atlético-PR, marcado para o dia 21 de maio na tabela do Campeonato Brasileiro. A fonte acrescentou que esse jogo pode inclusive testar a capacidade total da arena.

Após visita do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, esta semana, o Corinthians informou que o estádio, conhecida como Itaquerão, não teria nenhum evento-teste com capacidade completa antes da abertura da Copa do Mundo. Valcke, no entanto, disse por meio do Twitter no mesmo dia que o estádio seria testado com "capacidade total", o que não foi confirmado pelo clube.

A dificuldade em se realizar um evento-teste completo na Arena Corinthians é uma das consequência do atraso nas obras do estádio, que deveriam ter ficado prontas em dezembro, mas foram atrasadas devido a um acidente no final de novembro que deixou dois operários mortos. Um outro trabalhador morreu em março ao cair de uma altura de 8 metros enquanto erguia as arquibancadas provisórias, cujas obras chegaram a ser paralisadas pelo Ministério do Trabalho.

A construtora Odebrecht entregou o estádio paulista ao Corinthians no dia 15 de abril, porém inacabado. Entre outras obras ainda em andamento, falta concluir a instalação das arquibancadas provisórias que vão elevar a capacidade do estádio de 48 mil para 68 mil pessoas. A conclusão está prevista para dia 10 de maio.

Outra preocupação na capital paulista é com os trabalhos no entorno do estádio, que ainda não estão prontos.

O presidente-executivo do COL também afirmou na entrevista coletiva que o governo do Rio Grande do Sul deve anunciar no fim de semana a empresa vencedora da licitação para construir as estruturas temporárias do entorno do estádio Beira-Rio, outra dor de cabeça para os organizadores da Copa do Mundo.

"Nós teremos as estruturas temporárias afinadas e até amanhã teremos a empresa definida que irá montar essa estruturas", afirmou Trade.

(Por Felipe Pontes)

 
Campo da Arena Corinthias, um dos estádios da Copa do Mundo, em São Paulo. 22/04/2014 REUTERS/Paulo Whitaker