Sem fazer promessas, Phelps dá sinais encorajadores após retorno

sábado, 26 de abril de 2014 12:36 BRT
 

Por Julian Linden

PHOENIX, Estados Unidos, 26 Abr (Reuters) - Ele não conquistou nenhuma medalha de ouro nem estabeleceu nenhum recorde mundial, mas Michael Phelps preencheu todos os requisitos que precisava em seu retorno às competições da natação.

Só o tempo vai dizer se Phelps irá continuar nadando e competirá na Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro, possivelmente aumentando sua já estonteante coleção de 18 medalhas de ouro olímpicas.

Por hora, os sinais são encorajadores. O atleta de 28 anos escolheu de propósito uma competição relativamente modesta no subúrbio de Phoenix para sua reestreia e competiu só em duas provas, mas deu mostras suficientes de que é capaz quando quer.

"No geral", disse ele aos repórteres na sexta-feira, "acho que foi bastante bom."

"Eu estava muito empolgado... me senti como um garoto novamente, e isso foi o mais legal."

Apesar de suas conquistas estarrecedoras, Phelps e seu treinador de longa data, Bob Bowman, sempre se mostraram reservados a respeito de seus planos, e nada mudou.

Ambos insistiram que não delinearam nenhum plano de longo prazo e que se mantêm fiéis ao mantra do nadador de lidar com uma coisa de cada vez, embora um Phelps claramente relaxado tenha afirmado estar se divertindo e seus tempos tenham indicado que ele já está em boa forma.

"Eu estava meio que molhando os meus pés de novo, literalmente", disse ele.   Continuação...