Guardiola diz que tristeza por morte de Vilanova é "para sempre"

sábado, 26 de abril de 2014 18:20 BRT
 

BERLIM, 26 Abr (Reuters) - O técnico do Bayern de Munique, Pep Guardiola, ofereceu neste sábado os seus pêsames à família de Tito Vilanova, ex-técnico do Barcelona falecido na sexta-feira, dizendo que a tristeza que sentiu com a perda de seu antigo assistente o acompanhará para sempre.

Vilanova morreu aos 45 anos após uma batalha com o câncer que o obrigou a entregar o cargo no final da última temporada.

"Vivemos muitas coisas juntos", disse Guardiola aos repórteres após a vitória de 5 x 2 de seu time sobre o Werder Bremen no sábado.

"Perdemos juntos, ganhamos juntos. É uma situação muito difícil. Esta tristeza me acompanhará para sempre."

O Bayern fez um minuto de silêncio antes da partida da liga alemã e os jogadores usaram faixas pretas nos braços em homenagem ao técnico. O clube emitiu condolências em alemão e espanhol.

Vilanova assumiu o Barça na temporada 2012-13, tendo atuado como assistente de Guardiola no período mais bem sucedido da história do time espanhol, quando conquistaram três de quatro títulos do Campeonato Espanhol e duas Ligas dos Campeões, em 2009 e 2011.

(Por Karolos Grohmann)