Prefeito do Rio defende exibições de jogos da Copa na rua

sexta-feira, 2 de maio de 2014 16:14 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 2 Mai (Reuters) - A Prefeitura do Rio de Janeiro convocou nesta sexta-feira a população a colocar "telões nas ruas" e fazer suas próprias festas para assistir aos jogos da Copa do Mundo, apesar de restrições impostas pela Fifa.

A Fifa, que organiza uma exibição pública oficial dos jogos em cada cidade-sede da Copa, as chamadas Fan Fests, estipulou uma cobrança de até 28 mil reais para autorizar exibições públicas comerciais de partidas do Mundial.

Mesmo no caso de eventos considerados não comerciais, em que não há cobrança, os organizadores precisam seguir uma série de regras, segundo contrato firmado pela federação internacional com a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão do Mundial.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), no entanto, encorajou a população a ver os jogos nas ruas em suas próprias festas.

"A população tem é que comemorar, tem que colocar seu telão no meio da rua e abrir essas festas. A Prefeitura do Rio vai respaldar isso, e a única autoridade que poderia vetar seria a Prefeitura do Rio de Janeiro", disse Paes a jornalistas.

A Fan Fest da Fifa no Rio, que será realizada na praia de Copacabana, tem a perspectiva de receber até 20 mil pessoas em cada jogo.

(Por Rodrigo Viga Gaier)