May 4, 2014 / 7:39 PM / 3 years ago

Prefeito de Los Angeles prevê batalha legal longa com dono dos Clippers

3 Min, DE LEITURA

WASHINGTON, 4 Mai (Reuters) - O prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, disse neste domingo que espera que o dono do Los Angeles Clippers, Donald Sterling, protagonize uma "longa luta" para manter a propriedade do time, após ter sido banido da NBA por causa de comentários racistas.

Garcetti, no programa "Face the Nation", da CBS, foi perguntado sobre o potencial boicote aos jogos dos Clippers se Sterling continuar e disse: "Eu certamente manteria essa flecha na minha bolsa".

Semana passada, o comissário da NBA, Adam Silver, multou Sterling em 2,5 milhões de dólares e o baniu para sempre depois que uma fita mostrou conversas entre ele e o amigo V. Stiviano, na qual o empresário disse que não queria pessoas negras nos jogos dos Clippers ou posar para foto com elas.

O Comitê de Donos da NBA deve se reunir em duas semanas para forçá-lo a vender o time.

Sterling, que construiu uma fortuna estimada em 1,9 bilhão de dólares com imóveis na região de Los Angeles, comprou os Clippers por 12 milhões de dólares em 1981 e, atualmente, a franquia vale 430 milhões de dólares, segundo a revista Forbes.

Garcetti disse que conversou com Sterling, pediu que ele se desculpasse pelos comentários, mas espera uma batalha legal muito feia.

"Eu acho que ele pensa que vai ser o dono por muito tempo, que ele quer permanecer como dono", disse Garcetti.

"E eu disse: 'Vai ser uma longa luta e algo muito doloroso para a nossa cidade...'"

Garcetti disse que se Sterling continuar como dono seria "muito difícil" para os jogadores dos Clippers, que avançaram à segunda rodada dos playoffs da NBA, no último sábado, pois mais sucesso faria Sterling lucrar.

Kevin Johnson, uma estrela do Phoenix Suns nos anos 1980 e 1990 e hoje prefeito de Sacramento, Califórnia, foi o emissário do sindicato de atletas da NBA, depois revelação das conversas de Sterling. Disse no programa "Meet the Press", da NBC, que gostaria de ver uma decisão unânime ou quase unânime para forçar Sterling a vender o time.

Três quartos de votos do comitê são suficientes para forçar a venda.

"Eu acho que os jogadores tem bastante confiança que os donos tomarão a decisão correta", disse Johnson.

"Eu acho que os donos vão colocar os Clippers em uma posição na qual o senhor Sterling terá que vender o time. Não sei se isso vai acontecer nesta semana ou na próxima, tem que passar por todo o processo."

"Eu acho que todos estão antecipando uma batalha legal", disse Johnson. "No entanto, eu gostaria que ele repensasse sua posição. Acho que se o senhor Sterling abordasse isso da forma correta, pediria desculpas, aceitaria as sanções e passaria o resto da vida tentando provar que não é racista".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below