Prefeito de Los Angeles prevê batalha legal longa com dono dos Clippers

domingo, 4 de maio de 2014 16:37 BRT
 

WASHINGTON, 4 Mai (Reuters) - O prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, disse neste domingo que espera que o dono do Los Angeles Clippers, Donald Sterling, protagonize uma "longa luta" para manter a propriedade do time, após ter sido banido da NBA por causa de comentários racistas.

Garcetti, no programa "Face the Nation", da CBS, foi perguntado sobre o potencial boicote aos jogos dos Clippers se Sterling continuar e disse: "Eu certamente manteria essa flecha na minha bolsa".

Semana passada, o comissário da NBA, Adam Silver, multou Sterling em 2,5 milhões de dólares e o baniu para sempre depois que uma fita mostrou conversas entre ele e o amigo V. Stiviano, na qual o empresário disse que não queria pessoas negras nos jogos dos Clippers ou posar para foto com elas.

O Comitê de Donos da NBA deve se reunir em duas semanas para forçá-lo a vender o time.

Sterling, que construiu uma fortuna estimada em 1,9 bilhão de dólares com imóveis na região de Los Angeles, comprou os Clippers por 12 milhões de dólares em 1981 e, atualmente, a franquia vale 430 milhões de dólares, segundo a revista Forbes.

Garcetti disse que conversou com Sterling, pediu que ele se desculpasse pelos comentários, mas espera uma batalha legal muito feia.

"Eu acho que ele pensa que vai ser o dono por muito tempo, que ele quer permanecer como dono", disse Garcetti.

"E eu disse: 'Vai ser uma longa luta e algo muito doloroso para a nossa cidade...'"

Garcetti disse que se Sterling continuar como dono seria "muito difícil" para os jogadores dos Clippers, que avançaram à segunda rodada dos playoffs da NBA, no último sábado, pois mais sucesso faria Sterling lucrar.   Continuação...