Mourinho questiona seus atacantes em temporada praticamente encerrada

domingo, 4 de maio de 2014 17:36 BRT
 

Por William Schomberg

LONDRES, 4 Mai (Reuters) - O técnico do Chelsea, José Mourinho, lamentou a falta de um atacante que possa mudar o jogo na sua equipe depois que a sua temporada praticamente terminou com o empate por 0 x 0 com o Norwich, em casa, pelo Campeonato Inglês, um bom símbolo da inconstante campanha da equipe.

O resultado deixou o Chelsea em terceiro lugar com apenas uma partida para jogar e um ponto atrás do Manchester City e do Liverpool, que ainda têm dois jogos pela frente.

Uma semana trás, quando o Chelsea venceu o Liverpool por 2 x 0, em Anfield, com uma atuação defensiva impressionante, o time de Mourinho tinha a chance de conquistar dois troféus importantes.

Mas ele foi eliminado da Liga dos Campeões na quarta-feira, após perder o jogo de volta da semifinal, em casa, para o Atlético de Madrid, e as parcas chances de conquistar a liga foram quase descartadas com o fracasso deste domingo.

Mourinho, que voltou a Stamford Bridge há um ano, depois de uma primeira passagem cheia de títulos, disse que vai procurar um novo atacante para a próxima temporada.

No domingo, ele mais uma vez expressou sua frustração com a falta de gols dos seus principais atacantes Fernando Torres, Demba Ba e Samuel Eto'o.

"Nossos atacantes são bons, não duvido disso", disse Mourinho. "Mas eles não são o tipo de jogadores que, em um espaço de cinco metros, entre três ou quatro jogadores, conseguem pegar a bola, driblar, criar espaço e fazer o chute".

"Então, quando o time está em uma situação difícil, não conseguem resolver a situação para nós", disse Mourinho.

O Chelsea tem a melhor defesa da Premier League. Concedeu apenas 26 gols a temporada inteira, mas marcou quase 30 gols a menos que City e Liverpool.

A mídia inglesa publicou uma possível transferência do atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, na próxima janela de transferências.