8 de Maio de 2014 / às 14:28 / 3 anos atrás

SAIBA MAIS-Conheça a seleção da Itália

ROMA, 8 Mai (Reuters) - Veja abaixo informações sobre a seleção da Itália, uma das 32 equipes que vão disputar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Desempenho e prognósticos

A tetracampeã mundial Itália deve ser considerada uma das favoritas para a Copa do Mundo. Desde que Cesare Prandelli assumiu a Azzurra, em 2010, o time chegou à final da Euro 2012 e se classificou para o torneio no Brasil com dois jogos de antecedência.

A equipe tem um retrospecto formidável em Mundiais e fama de reservar suas melhores exibições para quando realmente importa. No time, possui alguns dos mais talentosos jogadores, incluindo os meias Andrea Pirlo e Daniele De Rossi, o atacante Mario Balotelli e o goleiro Gianluigi Buffon.

No entanto, permanecem questões sobre a defesa, que toma muitos gols de cabeça, ao contrário de sua fama de ser extremamente sólida. Houve problemas defensivos contra Dinamarca e Armênia, em seus dois últimos jogos no grupo das eliminatórias.

Prandelli também está tentando encontrar um companheiro de ataque estável para Mario Balotelli. Os italianos não têm ninguém em seu plantel que possa ser tão criativo como os ex-ídolos Roberto Baggio, Gianfranco Zola e Alessandro Del Piero.

Treinador: Cesare Prandelli

A Copa do Mundo será, provavelmente, a última chance de Prandelli obter sucesso internacional com sua seleção. O técnico, de 56 anos, deve deixar o time após o torneio, e provavelmente será substituído por Massimiliano Allegri, do Milan.

Depois de mais de três anos no cargo, a Itália ainda parece estar em fase de transição, mas ele está lentamente moldando a Azzurri parecida com sua Fiorentina e quer uma equipe que tenha a marca dele.

Prandelli aprecia um estilo ofensivo de jogo, que tem trazido resultados, já que a Itália só perdeu dois jogos oficiais desde que ele assumiu, após a campanha ruim na Copa do Mundo de 2010.

Uma das derrotas foi na final da Euro 2012 contra a campeã mundial Espanha e a outra para o Brasil, por 4 x 2, na Copa das Confederações, em junho. Em março, os italianos sofreram nova derrota para a Espanha, 1 x 0, em um amistoso.

Ele tentou, com algum sucesso, formar uma nova geração, e quer um time mais vibrante e dinâmico, mantendo a capacidade de resistência que levou ao título mundial em 2006.

Jogador-chave: Andrea Pirlo

Ele pode estar lutando pela supremacia em nível de clubes com o francês Paul Pogba, mas Andrea Pirlo é o chefão do meio-campo na Azzurra.

Seus passes precisos e jogadas de bola parada são cruciais para os ataques da Itália, e sua capacidade de segurar a bola ajuda quando eles precisam defender a vantagem.

Ao contrário de Mario Balotelli, que está sempre nas manchetes por seu comportamento excêntrico, ele é tão confiável quanto talentoso.

Se a Itália fizer sucesso na Copa, será impulsionada pelo homem que Marcello Lippi chamou de "o líder silencioso que fala com os pés".

Histórico em Copas: 17 (1934, 1938, 1950, 1954, 1962, 1966, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010).

Melhores campanhas: Campeã em 1934, 1938, 1982, 2006.

Por Terry Daley

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below