8 de Maio de 2014 / às 15:48 / em 3 anos

SAIBA MAIS-Conheça a seleção da Argentina

BUENOS AIRES, 8 Mai (Reuters) - Veja abaixo informações sobre a seleção da Argentina, uma das 32 equipes que vão disputar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Desempenho e prognósticos

A Argentina é uma candidata em potencial ao título com Lionel Messi na equipe e, sem ele, também é um bom time. Se Messi, Gonzalo Higuaín, Sergio Aguero e Ángel Di María, o “Quarteto Fantástico”, estiverem em sintonia, a Argentina pode ganhar a Copa do Mundo.

No entanto, eles têm fragilidades defensivas que o treinador Alejandro Sabella tem de trabalhar para superar.

A Argentina venceu as eliminatórias sul-americanas, consolidando o primeiro lugar durante um brilhante 2012, quando o time titular ficou invicto em nove jogos, incluindo amistosos, e Lionel Messi marcou 12 gols.

Em 2013, eles sofreram uma única derrota, para o Uruguai, mas o importante meia Fernando Gago, que dita o ritmo do jogo, perdeu a maior parte das partidas devido a uma lesão.

A surpresa é um elemento-chave para a Argentina, que joga o seu melhor futebol quando Gago, Javier Mascherano e Di María jogam no meio-campo, atrás de Messi, Higuaín e Aguero.

A transição da defesa para o meio-campo é frágil, assim como as bolas altas na área. Isso apesar de ter um goleiro imponente, Sergio “Chiquito” Romero, que foi mantido por Sabella, embora esteja tenho poucas chances em seu clube, o Monaco.

Treinador: Alejandro Sabella

Sabella disputará sua primeira Copa do Mundo como treinador, depois de ter sido assistente de Daniel Passarella na França-1998. O técnico assumiu após a queda da Argentina nas quartas de final da Copa América em casa, em 2011, quando o time era comandado por Sergio Batista.

Ele é da escola de treinadores do Estudiantes, tendo jogado lá com o técnico campeão mundial de 1986 Carlos Bilardo, e aprecia a formação tática 5-3-2.

Com Messi em sua equipe, ele favorece as táticas que farão seu capitão jogar no melhor nível, com os atacantes capazes de venceram os rivais com contra-ataques rápidos e precisos e de ajudarem na defesa quando a equipe perde a posse da bola.

A escolha de Belo Horizonte como base da Argentina na Copa do Mundo não é nenhuma surpresa. É a cidade onde ele conquistou seu maior sucesso como treinador: o título da Copa Libertadores com o Estudiantes em 2009.

Jogador-chave: Lionel Messi

Alguns dizem que Messi nunca será capaz de reivindicar um lugar entre os grandes nomes do esporte, como Alfredo Di Stefano, Pelé, Johan Cruyff e Diego Maradona, a menos que ganhe uma Copa do Mundo.

Outros afirmam que ele já alcançou o suficiente em nível de clubes para estar nesta lista privilegiada.

Messi sonha em ganhar a Copa no Brasil e, no seu melhor, ninguém duvidaria de suas chances em uma equipe da Argentina que tem um dos melhores ataques do planeta.

Em 2013, no entanto, soou o alarme porque, pela primeira vez em 10 anos de carreira, Messi tem sofrido com problemas de lesão.

Eleito por quatro vezes seguida o Melhor Jogador do Ano pela Fifa, Messi marcou 37 gols em 83 jogos pela Argentina. Ele é o segundo na lista de artilheiros, atrás de Gabriel Batistuta (56 em 78), após superar neste ano Hernán Crespo (35 em 64) e Diego Maradona (34 em 91).

Histórico em Copas (15): 1930, 1934, 1958, 1962, 1966, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010 Melhores campanhas: Campeão em 1978 e 1986 Vice-campeão em 1930 e 1990

Por Rex Gowar

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below