Son caminha para herdar coroa de Park como ídolo do futebol sul-coreano

quinta-feira, 8 de maio de 2014 13:04 BRT
 

Por Peter Rutherford

SEUL, 8 Mai (Reuters) - Son Heung-min pode se tornar o próximo ícone do futebol sul-coreano e, assim como seu antecessor Park Ji-Sung, nunca jogou por um clube de seu país.

Son, de 21 anos, deixou a escola de ensino médio Dongbuk, em Seul, aos 16 anos para se juntar às categorias de base do Hamburgo, da Alemanha, e se desenvolveu como jogador no Campeonato Alemão.

O atacante se transferiu para o Bayer Leverkusen por 10 milhões de euros (13,46 milhões de dólares) no ano passado e marcou três gols na partida contra seu ex-clube no início de novembro.

Son ainda precisa mostrar na seleção o mesmo futebol que desempenhou nos clubes, mas sob comando do novo técnico Hong Myung-bo ele está se impondo mais e fez sua melhor performance com a camisa sul-coreana na vitória por 2 x 1 sobre a Suíça em Seul no ano passado.

Ele também impressionou na vitória por 2 x 0 sobre a Grécia em Atenas, em março, sacramentando a surpreendente vitória com um gol no início do segundo tempo que sepultou as chances de recuperação dos anfitriões.

A velocidade e habilidade de Son o transformaram numa preocupação para os laterais adversários e ele também jogou recentemente centralizado, atrás do atacante principal e pode formar uma parceria dinâmica com o alto centroavante Kim Shin-wook se Hong decidir escalá-lo na frente.

Parte de um contingente crescente de coreanos no futebol alemão, Son parece completamente confortável com o futebol europeu e raramente mostrou-se pouco adaptado à seleção nacional desde sua primeira partida pela equipe em 2010.

Ele escolheu não disputar a Olimpíada de 2012 em Londres para continuar desenvolvendo seu futebol em seu clube na Alemanha, e essa decisão não parece ter desagradado Hong.

O treinador, que liderou os sul-coreanos à conquista da medalha de bronze em Londres, acredita que o risco de colocar o jovem jogador numa competição recheada de pressão como a Copa do Mundo é compensada pelo grande potencial de Son.