May 9, 2014 / 9:15 PM / in 3 years

Dilma visita Arena da Baixada ainda em obras para o Mundial

2 Min, DE LEITURA

9 Mai (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff visitou nesta sexta-feira a Arena da Baixada, em Curitiba, um dos estádios mais atrasados para a Copa do Mundo de 2014.

Dilma conheceu a arena e ganhou uma camisa do Atlético Paranaense, dono do estádio, com o número 13 e o nome dela nas costas. A presidente circulou pelo gramado com o presente nas mãos.

A Arena da Baixada ainda está em reforma para o Mundial de junho e correu o risco de ficar fora do torneio por causa de atrasos nas obras. O estádio só foi confirmado na Copa pela Fifa no fim de fevereiro, após os organizadores locais garantirem que ficaria pronto a tempo.

Ainda assim, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse no fim de abril que o estádio de Curitiba ainda tinha "trabalho a fazer" para estar pronto para a Copa. Ele afirmou que há assentos a serem instalados e que a grama "precisa ficar mais forte" e ser protegida.

O estádio reformado ao custo de 360 milhões de reais terá capacidade para 43 mil pessoas e vai receber quatro jogos da primeira fase do Mundial, o primeiro deles no dia 16 de junho, entre Irã e Nigéria.

Reportagem de Tatiana Ramil, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below