Tribunal mantém suspensão e croata Simunic vai perder Copa do Mundo

segunda-feira, 12 de maio de 2014 11:05 BRT
 

12 Mai (Reuters) - O croata Josip Simunic vai ficar fora da Copa do Mundo que começa no próximo mês, depois que a Corte Arbitral do Esporte (CAS) manteve um suspensão de 10 jogos imposta pela Fifa ao zagueiro pelos cantos pró-nazistas entoados por ele no fim da vitória sobre a Islândia na repescagem do ano passado.

"A Corte Arbitral do Esporte (CAS) rejeitou o recurso apresentado pelo jogador de futebol croata Josip Simunic contra a decisão do Comitê de Apelação da Fifa publicada em 21 de fevereiro de 2014", disse a CAS em comunicado nesta segunda-feira.

Após a vitória de 2 x 0 da Croácia sobre a Islândia em 19 de novembro de 2013, Simunic, que também foi multado em 30.000 francos suíços (33.900 dólares), pegou o microfone no estádio Maksimir, em Zagreb, voltou-se para a arquibancada e gritou "Za dom" (pela pátria). O público respondeu "Spremni" (prontos).

O grito e a resposta são amplamente associados com o regime croata Ustasha, aliado do nazismo, que esteve no poder entre 1941 e 1945 e perseguiu brutalmente judeus, sérvios, ciganos e croatas antifascistas.

A Croácia será a primeiro adversária do Brasil na Copa do Mundo, em 12 de junho, na partida de abertura do Mundial, em São Paulo.

(Reportagem de Julien Pretot)