Temer afirma que não obstruiu a Justiça e reitera não ter se envolvido em crime algum

sexta-feira, 19 de maio de 2017 20:32 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer disse em nota nesta sexta-feira que não obstruiu a Justiça nem recebeu valores que não fossem permitidos pela Lei Eleitoral e declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

"No diálogo com Joesley Batista, o presidente Michel Temer diz que nada fez pelo ex-deputado Eduardo Cunha, isso prova que o presidente não obstruiu a Justiça", afirma nota da Presidência da República, depois da divulgação de delação premiada do empresário, um dos controladores da JBS.

"Temer não recebeu valores, a não ser os permitidos pela Lei Eleitoral e declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)", continua a nota. "Portanto, não tem envolvimento em nenhum tipo de crime."

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)