17 de Julho de 2017 / às 11:53 / um mês atrás

George A. Romero, pai dos filmes de zumbi, morre aos 77 anos

Diretor George A. Romero durante Festival de Cinema de Veneza 09/09/2009Tony Gentile

NOVA YORK (Reuters) - George A. Romero, criador do gênero cinematográfico de zumbis com "A Noite dos Mortos-Vivos" e de sequências que deixaram um efeito duradouro nos filmes de terror, morreu de câncer no pulmão em um hospital de Toronto, no domingo, informou seu sócio.

Romero, que tinha 77 anos, escreveu e dirigiu o clássico de 1968, no qual os mortos voltam à vida e se alimentam da carne dos humanos, e cinco sequências, incluindo o sucesso de bilheteria de 1978 "Madrugada dos Mortos".

"Uma verdadeira lenda", disse o ator Kumail Nanjiani no Twitter. "Começou um novo gênero por conta própria. Quem mais pode dizer isso?".

Além do terror dos zumbis, os filmes mostram o tema de pessoas que entram em pânico quando atacadas, se virando umas contra as outras ao invés de se unirem contra um inimigo comum.

Romero, que nasceu no bairro do Bronx de Nova York, era atraído a contar histórias sobre monstros que se pareciam com as pessoas que eles aterrorizavam, disse seu sócio, Peter Grunwald.

"Eles não são monstros loucos e fantásticos. Eles são nossos vizinhos, nossos parentes, nossos amigos. Eles são mais assustadores por isso, mais assustadores do que grandes efeitos especiais e monstros de ficção científica", disse Grunwald.

Romero influenciou uma geração de diretores, incluindo Quentin Tarantino, Guillermo del Toro, Robert Rodriguez e o falecido Wes Craven, de acordo com Grunwald.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below