Cargueiro cai no Afeganistão e mata os 9 tripulantes

quarta-feira, 6 de julho de 2011 11:05 BRT
 

CABUL (Reuters) - Um avião cargueiro azerbaijano que havia sido fretado por tropas estrangeiras no Afeganistão caiu na madrugada de quarta-feira ao norte de Cabul, matando todos os seus nove tripulantes, segundo autoridades.

"Em 6 de julho às 0h10, hora de Cabul, um avião cargueiro Il-76 pertencente à Silk Way Airlines e rumando de Baku para Bagram caiu a 25 quilômetros de Cabul", disse a estatal azerbaijana de aviação AZAL em nota. "Segundo informações preliminares, a queda pode ter sido resultado de uma colisão com um objeto desconhecido."

Abdul Haleem, governador do distrito de Siagerd, na província de Parwan, onde ocorreu o acidente, disse que uma equipe de resgate recuperou oito corpos, e que é impossível que o nono tripulante tenha sobrevivido.

"Houve uma grande explosão quando o avião atingiu as montanhas no final da noite de ontem", disse Haleem. Segundo ele, todos os tripulantes eram russos.

Bagram fica cerca de 45 quilômetros ao norte da capital afegã, e sedia a maior base aérea norte-americana do país.

A AZAL disse que o aparelho transportava 18 toneladas de carga, de natureza não informada. A Isaf (força da Otan no Afeganistão) negou que o avião pertencesse ao seu contingente.

A Silk Way Airllines é uma empresa de cargas com sede em Baku, capital da ex-república soviética do Azerbaijão - parte do que os EUA incluem na sua Rede de Distribuição Norte, que abastece operações militares no Afeganistão.

Em outubro, um cargueiro civil já havia caído nas montanhas próximas a Cabul, a capital afegã, matando os oito tripulantes - seis filipinos, um indiano e um queniano.

(Reportagem de Hamid Shalizi e Michelle Nichols em Cabul e Lada Yevgrashina em Baku)