Otan respondeu à ataque vindo da fronteira do Paquistão--fontes

domingo, 27 de novembro de 2011 11:45 BRST
 

CABUL (Reuters) - As forças da Otan e do Afeganistão foram atacadas antes de aeronaves e helicópteros terem alvejado um posto militar do Paquistão matando 24 soldados, informaram autoridades ocidental e do Afeganistão neste domingo.

O Paquistão disse que o ataque não foi provocado. A coalisão militar liderada pela Otan no Afeganistão limitou-se a prestar solidariedade pelas mortes. Mas não forneceu detalhes sobre a ação, dizendo ser "muito provável" que as vítimas foram causadas por suas forças.

"Eles foram alvos antes de ataques do outro lado da fronteira", afirmou a autoridade ocidental. A fonte afegã afirmou que as tropas foram atacadas por uma ação que partiu de dentro do Paquistão em um momento em que as tropas estavam saindo dos helicópteros. Então, as aeronaves teriam devolvido o ataque, segundo essa autoridade do Afeganistão.

Ambas as fontes deram as declarações sob garantia de anonimidade por conta da sensibilidade do tema. As mortes estremeceram as relações entre Islamabad e Washington.

(Por Emma Graham-Harrison e Hamid Shalizi)