November 2, 2012 / 12:47 PM / in 5 years

Criação de emprego nos EUA sobe e dá certo alívio a Obama

4 Min, DE LEITURA

Pessoas aguardam para encontrar empregadores em feira de empregos em Nova York, EUA. Os empregadores norte-americanos aumentaram as contratações em outubro e a taxa de desemprego subiu, com mais trabalhadores voltando a procurar emprego, um sinal esperançoso para a fraca economia do país. No cartaz, ao fundo, lê-se "Contratando agora". 24/10/2012Mike Segar

WASHINGTON, 2 Nov (Reuters) - Os empregadores norte-americanos aumentaram as contratações em outubro e a taxa de desemprego subiu, com mais trabalhadores voltando a procurar emprego, um sinal esperançoso para a fraca economia do país, que trouxe alívio as chances de reeleição do presidente Barack Obama.

Foram criados 171 mil postos de trabalho no mês passado, afirmou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. O governo também afirmou que foram criados mais 84 mil vagas em agosto e setembro do que o originalmente estimado.

A taxa de desemprego aumentou em 0,1 ponto percentual, para 7,9 por cento, mas isso foi por causa de um crescimento de trabalhadores que voltaram a integrar a força de trabalho. Apenas pessoas que procuraram emprego recentemente podem ser contadas como desempregadas.

"São números positivos", afirmou o vice-presidente de vendas cambiais do Mizuho Corporate Bank em Nova York, Fabian Eliasson.

O dado de emprego foi o último relatório importante sobre a economia antes da eleição presidencial na terça-feira, que coloca Obama contra o republicano Mitt Romney.

Embora o aumento da taxa de desemprego fosse esperada, o aumento na criação de vagas supera até mesmo a previsão mais otimista colhida na pesquisa da Reuters.

O relatório fornece material para ambos os candidatos.

Até mesmo ganhos sustentáveis mensais de 171 mil postos de trabalho provavelmente diminuiriam apenas lentamente a taxa de desemprego do país. Mesmo com o fortalecimento relativo visto no relatório, uma recuperação total da recessão de 2007 a 2009 continua distante. A taxa de desemprego, que chegou ao pico de 10 por cento durante a recessão, continua cerca de 3 pontos percentuais acima do nível de pré-recessão.

Romney fez do fraco mercado de trabalho da nação, que tem atormentado Obama desde que ele assumiu a presidência em 2009, o centro de sua campanha.

A última pesquisa diária Reuters/Ipsos mostrou Obama e Romney empatados. Ainda assim, o impacto político do relatório será provavelmente limitado, uma vez que a maior das percepções dos eleitores sobre a economia já estão provavelmente definidas agora.

A persistente alta taxa de desemprego torna improvável que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, irá abandonar sua decisão de manter as políticas de afrouxamento monetário até que a economia mostre mais vigor.

Abismo Fiscal

A taxa de desemprego subiu principalmente porque 578 mil pessoas entraram para a força de trabalho. Isso ajudou a elevar a taxa de participação, uma medida da parcela da população que faz parte da força de trabalho, em 0,2 ponto percentual, para 63,8 por cento.

Todos os ganhos de emprego vieram do setor privado, que criou 184 mil postos de trabalho em outubro, o maior aumento desde fevereiro. O governo fechou 13 mil vagas.

Ainda assim, até mesmo com o atual ritmo de criação de emprego, a economia norte-americana enfrenta uma ameaça real de uma nova recessão no ano que vem.

Sem ação dos parlamentares, a atual legislação irá aumentar os impostos e cortar gastos em cerca de 600 bilhões de dólares em 2013. Esse cenário --conhecido em Washington como "abismo fiscal"-- pode facilmente causar uma contração econômica.

Reportagem de Jason Lange

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below