Obama pede menos "burocracia" na recuperação após furacão Sandy

sábado, 3 de novembro de 2012 14:46 BRST
 

Por Mark Felsenthal

WASHINGTON, 3 Nov (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos Barack Obama pediu que as autoridades de respostas a emergências cortem a "burocracia" e trabalhem sem atraso para ajudar as áreas devastadas pela supertempestade Sandy a retornarem ao normal o mais rápido possível.

"Não há nada mais importante do que consertar esses estragos", disse o presidente em uma reunião por videoconferência com oficiais da agência de Administração Federal para o Gerenciamento de Emergências (Fema, na sigla em inglês), do Departamento de Segurança Interna e governos estaduais e locais.

Com a eleição presidencial daqui a três dias, a tempestade mudou alguns focos na disputa entre Obama e o republicano Mitt Romney. Enquanto o desastre natural garantiu ao presidente a oportunidade de crescer na corrida presidencial, também exige que sua administração mostre capacidade de responder de forma rápida e eficaz durante uma crise.

"Ainda temos um longo caminho para garantir que as pessoas de Nova Jersey, Connecticut, Nova York e algumas áreas próximas tenham suas necessidades básicas atendidas", disse o presidente a repórteres.

 
Presidente Barack Obama se reuniu neste sábado com autoridades de respostas a emergência para pedir que cortem a "burocracia" nas medidas após o furacão Sandy. 03/11/2012. REUTERS/Jonathan Ernst