E-mail ou tenda: o esforço para que vítimas do Sandy votem nos EUA

domingo, 4 de novembro de 2012 13:38 BRST
 

Por Michelle Nichols

NOVA YORK, 4 Nov (Reuters) - Nova Jersey está permitindo que os eleitores deslocados pelo furacão Sandy possam votar por e-mail, enquanto alguns eleitores de Nova York poderão votar em tendas em uma corrida de 11 horas para garantir a votação nas eleições presidenciais dos Estados Unidos na terça-feira.

Com a eletricidade ainda em falta para mais de um milhão de casas e empresas, e dezenas de zonas eleitorais inúteis por terem sido atingidas por uma onda recorde de água do mar em Nova York e Nova Jersey, as autoridades enfrentam desafios sem precedentes para o dia da eleição.

Sandy, uma das tempestades mais destrutivas a atingir os EUA, causou danos na costa leste na segunda-feira com ventos de 130 quilômetros por hora, enquanto água invadiu comunidades próximas ao oceano, matando pelo menos 110 pessoas.

O caos pós-tempestade na região tem ofuscado os últimos dias de campanha eleitoral, deixando a votação em segundo plano para muitos.

"Eu não estou pensando muito sobre a eleição agora", disse Frank Carroll, de 59 anos, um aposentado de Nova York que vive no bairro fortemente atingido de Staten Island. Ele planejou votar, mas não sabia se sua seção eleitoral iria mesmo ser aberta. "Nós vamos lá e ver o que acontece", disse Carrol.

O comparecimento menor de eleitores provavelmente não vai afetar o resultado da eleição já que os dois Estados são considerados democráticos e devem entrar no colégio eleitoral de Obama. Mas isso pode reduzir seu registro de votos populares.

Em Nova Jersey, as autoridades tomaram o passo incomum de declarar que qualquer eleitor deslocado de sua casa pelo Sandy seria designado um eleitor no exterior, permitindo-lhes apresentar um voto ausente por fax ou e-mail.

 
Partidários do candidato republicano à presidência dos EUA, Mitt Romney, gritam durante comício em Englewood, Colorado, EUA. Nova Jersey está permitindo que os eleitores deslocados pelo furacão Sandy possam votar por e-mail, enquanto alguns eleitores de Nova York poderão votar em tendas em uma corrida de 11 horas para garantir a votação nas eleições presidenciais dos Estados Unidos na terça-feira. 03/11/2012 REUTERS/Brian Snyder