Fred leva Fluminense ao título brasileiro por antecipação

domingo, 11 de novembro de 2012 21:35 BRST
 

11 Nov (Reuters) - O artilheiro Fred marcou nos minutos finais o gol que garantiu ao Fluminense a conquista do Campeonato Brasileiro com três rodadas de antecipação, neste domingo, com uma vitória por 3 x 2 sobre o Palmeiras, que segue gravemente ameaçado de rebaixamento.

O Fluminense abriu uma vantagem inalcançável de 10 pontos sobre o Grêmio, que subiu para o segundo lugar ao derrotar o São Paulo por 2 x 1, em casa, enquanto o Atlético Mineiro ficou num empate por 1 x 1 com o Vasco, no Rio, e caiu para terceiro, 11 pontos atrás do novo campeão.

Fred liderou a equipe na conquista do segundo título em três anos, e a quarta no total, chegando aos 76 pontos em 35 jogos, na melhor campanha da história desde que a competição passou a ser disputada em pontos corridos, em 2003. O Fluminense também foi campeão nacional em 2010, 1984 e 1970.

"É um misto de felicidade com emoção. O grupo é maravilhoso, essa torcida nos acompanhou sempre, dedico o título a todos os meus companheiros... Só família de jogador sabe o que todo mundo passa", disse Fred a repórteres ainda em campo, após ser erguido pelos próprios companheiros de time, depois da partida disputada em Presidente Prudente (SP).

Enfrentando o time do Palmeiras que precisava desesperadamente da vitória na luta contra o rebaixamento, o Fluminense só conseguiu abrir o marcador no último lance do primeiro tempo, com Fred aproveitando rebote do goleiro Bruno após chute cruzado de Wellington Nem.

O capitão também participou do segundo gol, quando um cruzamento dele para a área foi desviado para o próprio gol por Mauricio Ramos, aos 9 minutos da etapa final.

Nesse momento o título parecia encaminhado para o Fluminense, uma vez que Grêmio e Atlético, respectivamente, estavam empatando seus jogos disputados simultaneamente.

Mas o Palmeiras conseguiu um empate inesperado com dois gols marcados num intervalo de 4 minutos, em dois lances de bola cruzadas para a área que a defesa do Fluminense não conseguiu afastar.

Primeiro, o atacante argentino Hernán Barcos aproveitou confusão dos zagueiros e mandou para a rede, e logo em seguida Patrick Vieira empatou em 2 x 2, de cabeça, aos 20.   Continuação...