Exército israelense lança "ataques diretos" contra alvos sírios

segunda-feira, 12 de novembro de 2012 12:40 BRST
 

JERUSALÉM, 12 Nov (Reuters) - O Exército de Israel fez disparos de tanques contra a Síria nesta segunda-feira e lançou "ataques diretos" em resposta a uma bomba de morteiro lançada da Síria que atingiu a região das Colinas de Golã, controlada por Israel, afirmou o Exército israelense em comunicado.

Fontes militares israelenses disseram que artilharia móvel síria foi diretamente atingida no incidente.

Foi a segunda vez em dois dias que Israel revidou ao que chamou de disparos errantes a partir da Síria. No domingo, o Exército havia disparado um "tiro de alerta" ao longo da linha de separação desmilitarizada, enquanto nesta segunda-feira as Forças Armadas disseram ter revidado os ataques contra "a fonte".

Fontes militares não falaram se a bomba de morteiro foi disparada por forças armadas sírias ou pelos rebeldes que estão combatendo na região da área de separação patrulhada pela ONU.

"Pouco tempo atrás, uma bomba de morteiro atingiu uma área aberta nas proximidades de um posto do Exército Israelense no centro das Colinas de Golã, como parte de um conflito interno na Síria, e não causou vítimas ou danos", disse o comunicado militar.

"Em resposta, soldados israelenses lançaram disparos de tanques em direção à fonte da artilharia, confirmando ter atingido diretamente os alvos. O Exército registrou uma queixa com as forças da ONU que atuam na região, afirmando que os tiros provenientes da Síria para Israel não serão tolerados e devem ser revidados com severidade."

Rebeldes sírios lutam para derrubar o presidente Bashar al-Assad têm combatido o Exército sírio há meses em cidades dentro e ao lado da área de separação entre Israel e Síria, ao longo de uma linha desmilitarizada colocada no final da Guerra de Yom Kippur, em 1973.

(Por Crispian Balmer)