Anatel suspende promoção da TIM e operadora rebate

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 18:46 BRST
 

Por Sérgio Spagnuolo

RIO DE JANEIRO, 16 Nov (Reuters) - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) oficializou nesta sexta-feira nova sanção contra a TIM, operadora de telefonia que luta para restaurar sua imagem em meio a sucessivos embates com a autarquia.

A agência reguladora suspendeu a venda do pacote promocional "Infinity Day", por considerar que isso poderia levar a uma "potencial instabilidade" na rede da operadora.

A TIM negou irregularidades e diz que busca resolver rapidamente a suspensão aplicada pela Anatel, segundo o diretor de assuntos regulatórios da operadora, Mario Girasole.

"Quero evitar que isso entre em efeito na segunda-feira", disse Girasole à Reuters por telefone. "Estamos confiantes de conseguiremos fazer isso na próximas horas".

Essa medida marca novo golpe para a imagem da empresa do grupo Telecom Italia, após a proibição das vendas móveis em diversos Estados imposta em julho --quando Claro e Oi também sofreram restrições.

Somam-se a isso alegações, vindas à tona em relatório da Anatel vazado em agosto, que a TIM derrubava certas chamadas telefônicas para forçar os usuários a realizar outras ligações, cobrando nova tarifa, o que a operadora nega.

"É fato que depois da suspensão das vendas, depois do erro da Anatel sobre 'drop call' (chamadas derrubadas), isso também vai criar um ruído muito negativo", disse Girasole.

O efeito da punição aplicada pela Anatel à segunda maior operadora móvel do Brasil, já pesava sobre as ações. Às 15h59, o papel caíam 4,36 por cento, a 7,67 reais, enquanto o Ibovespa cedia 1,08 por cento.   Continuação...