Farc declaram cessar-fogo no início de negociação de paz

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 15:37 BRST
 

Por Jeff Franks

HAVANA, 19 Nov (Reuters) - Os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram um cessar-fogo unilateral por dois meses nesta segunda-feira, ao iniciarem negociações com o governo colombiano em uma nova tentativa de restabelecer a paz depois de quase meio século de violência.

As Farc vão suspender operações de ofensiva militar e atos de sabotagem contra a infraestrutura do país a partir da meia-noite desta segunda-feira até o dia 20 de janeiro, disse o negociador-chefe do grupo, Iván Márquez, ao chegar em Havana para as conversações.

"Esta decisão política das Farc é uma contribuição feita para fortalecer o clima de compreensão necessário para que as partes que estão começando o diálogo alcancem o propósito desejado por todos os colombianos", disse Márquez.

O conflito se desenrola há quase meio século, fez milhares de vítimas e levou milhões a deixarem suas casas na Colômbia. É a mais antiga insurgência na América Latina.

Um fracasso iria significar mais anos de combates e danos à reputação de um país ansioso por atrais mais investimentos estrangeiros e influência regional, mas incapaz de resolver seu problema interno mais grave.

Delegações do governo e das Farc chegaram em carros pretos de luxo no centro de convenções de Havana onde vão reunir-se quase diariamente até que as negociações se encerrem.

O complexo está localizado em Cubanacan, o mais refinado bairro de Havana, repleto de palacetes que antes da revolução pertenciam aos membros da elite da cidade. Praticamente todos os ricos deixaram Cuba depois da revolução de 1959 que transformou a ilha num país comunista, um dos últimos do mundo.

Em três processos de paz anteriores o conflito se mostrou intratável, mas desta vez tanto o governo como as Farc expressam otimismo de que agora será diferente.   Continuação...

 
Negociador-chefe das Farc, Iván Márquez, chega em Havana, Cuba, para negociações. Os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram um cessar-fogo unilateral por dois meses nesta segunda-feira, ao iniciaram negociações com o governo colombiano em uma nova tentativa de restabelecer a paz depois de quase meio século de violência. 19/11/2012 REUTERS/Desmond Boylan