BCE está pronto para compras se condições forem cumpridas--Coeure

quarta-feira, 28 de novembro de 2012 09:33 BRST
 

HONG KONG, 28 Nov (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) está pronto para comprar títulos soberanos de países da zona do euro que precisem de assistência e para concordar com programas de ajuste fiscal, afirmou nesta quarta-feira o membro do Conselho Executivo do BCE Benoit Coeure.

O lançamento do programa de compra de títulos Transações Monetárias Diretas (OMT, na sigla em inglês) ajudou a acalmar os mercados financeiros e a reduzir os spreads dos títulos soberanos de países em dificuldades, incluindo a Espanha --que os mercados esperam que vá buscar um resgate.

"Deixe-me confirmar que o BCE está pronto para empreender as OMTs sempre que um país tenha pedido com sucesso um programa de assistência de precaução do ESM, com envolvimento do FMI", disse Coeure em declarações preparadas para o terceiro Thomson Reuters Pan-Asian Regulatory Summit.

Coeure também afirmou que um mecanismo de supervisão único proposto (SSM) será a chave para a estabilidade financeira da Europa e para impulsionar a integração financeira na região, afirmando que líderes políticos devem definir os detalhes finais no próximo mês.

"Estou confiante de que líderes europeus podem chegar a um acordo em dezembro sobre os aspectos finais do SSM e confirmar que ele irá começar legalmente em janeiro de 2013 e estará operacional em 2014", disse ele.

Coeure afirmou ainda que o BCE permanece comprometido em implementar prontamente as regras de capital bancário Basiléia III que devem entrar em vigor em fases a partir de janeiro de 2013, afirmando que elas são "um ponto de virada da agenda de reformas do G20".

Reguladores dos Estados Unidos mostraram dúvidas em relação a essa data de implementação, levando bancos europeus a buscarem um adiamento para que não estejam em desvantagem competitiva.

(Reportagem de Elzio Barreto e Vikram Subhedar)

 
Membro do Conselho Executivo do BCE Benoit Coeure, em Paris, em novembro de 2011. O Banco Central Europeu (BCE) está pronto para comprar títulos soberanos de países da zona do euro que precisem de assistência e para concordar com programas de ajuste fiscal, afirmou Coeure. 25/11/2011 REUTERS/Charles Platiau