Vale reduzirá investimento a US$15 bi em 2013, preveem bancos

sexta-feira, 30 de novembro de 2012 15:54 BRST
 

Por Sabrina Lorenzi

RIO DE JANEIRO, 30 Nov (Reuters) - A Vale deverá anunciar na próxima segunda-feira investimentos de cerca de 15 bilhões de dólares para 2013, um volume menor que o deste ano, calculam os bancos Goldman Sachs e Credit Suisse.

Uma redução nos investimentos já havia sido antecipada em outubro pela própria companhia, pressionada por menores preços da commodity em meio a dúvidas quanto à demanda da China.

Os investimentos da mineradora devem fechar 2012 no patamar de 17 bilhões de dólares, segundo os bancos, bem abaixo dos 21 bilhões de dólares anunciados pela Vale no final de 2011 para este ano, quando a empresa não esperava um cenário econômico tão complicado e ainda apostava em grandes projetos como o de minério de ferro de Simandou, na Guiné, entre outros.

A estimativa de investimentos para este ano também é compartilhada pelo Deutsche Bank e Banco do Brasil, consultados pela Reuters.

"A recente queda nos preços das commodities, juntamente com a forte volatilidade, contribuiu para a alta administração da empresa decidir rapidamente rever a melhor alocação de capital para a empresa a partir de 2012... nós vemos os esforços em curso como positivo", afirmam analistas do Credit Suisse liderados por Ivano Westin em relatório sobre a revisão dos investimentos da Vale.

A mineradora, que investiu 12,2 bilhões de dólares de janeiro a setembro, apresentará em Nova York na segunda-feira a revisão de seu plano de negócios.

Em outubro, durante o detalhamento do balanço do terceiro trimestre, a Vale afirmou ainda que os investimentos tiveram seu pico em 2012, ao comentar as perspectivas para 2013.

Às 15h45, ação da Vale opera em queda de 0,5 por cento, enquanto o Ibovespa caía 1,1 por cento.   Continuação...