Filipinas enterram vítimas de tufão; número de mortos atinge 418

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 10:37 BRST
 

Por Erik Castro

NEW BATAAN, Filipinas, 7 Dez (Reuters) - Moradores do sul das Filipinas enterraram nesta sexta-feira os mortos, enquanto equipes de resgate continuavam vasculhando áreas remotas em busca de sobreviventes do tufão Bopha, que matou 418 pessoas e deixou quase o mesmo número de desaparecidos.

Autoridades de Compostela Valley, uma das províncias mais atingidas na ilha rica em recursos naturais de Mindanao, consideraram cavar valas comuns para corpos que não forem identificados por parentes.

Bopha, a mais forte tempestade a atingir o país este ano, deixou um rastro de destruição no vale, inundando cidades agrícolas e mineradoras e enterrando muitas pessoas em deslizamentos de terra.

"Estamos pensando em enterrar os corpos não identificados por questões de saúde", disse o general Ariel Bernardo, um comandante de divisão do Exército no sul das Filipinas, à Reuters. "O mau cheiro está se tornando forte."

Bernardo disse que o trabalho de resgate e recuperação foi prejudicado por falta de equipamentos. "Alguns dos mortos estão soterrados em lama que vai até os joelhos e só temos nossas mãos e pás", contou.

O governador de Compostela Valley, Arturo Uy, disse que a província está considerando cavar valas comuns, caso a maioria dos mortos não seja identificada dentro de dois ou três dias. Ele estima que 212 pessoas morreram em sua província, e cerca de 400 estão desaparecidas.

O número oficial de mortos é de 418, com 383 desaparecidos e centenas de feridos, informou a agência nacional de desastres em seu último registro.

Mas o número deve aumentar, com funcionários do governo local citando números mais elevados de desaparecidos. O Exército disse que tinha recuperado 439 corpos nas províncias de Compostela Valley e de Davao Oriental.   Continuação...

 
Pessoas do resgate carregam corpos de vítimas do tufão Bopha em sacos, após retirá-los dos escombros, na cidade de New Bataan, em Compostela Valley, no sul das Filipinas. Moradores do sul das Filipinas enterraram nesta sexta-feira os mortos, enquanto equipes de resgate continuavam vasculhando áreas remotas em busca de sobreviventes do tufão Bopha, que matou 418 pessoas e deixou quase o mesmo número de desaparecidos. 7/12/2012 REUTERS/Erik De Castro