Ibovespa sobe 1,4% apoiado em forte dado de emprego dos EUA

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 18:03 BRST
 

Por Danielle Assalve

SÃO PAULO, 7 Dez (Reuters) - O principal índice acionário da Bovespa subiu ao maior patamar em um mês nesta sexta-feira, depois que dados melhores que o esperado de emprego nos Estados Unidos deram tom mais positivo aos mercados e fôlego às ações brasileiras.

O Ibovespa fechou em alta de 1,44 por cento, a 58.487 pontos, impulsionado por siderúrgicas e construtoras na sessão. O giro financeiro do pregão foi de 5,7 bilhões de reais, abaixo da média diária de 7,2 bilhões de reais em 2012.

Com isso, o índice acumulou valorização de 1,76 por cento na semana.

Apesar da supertempestade Sandy, o emprego fora do setor agrícola dos EUA aumentou em 146 mil postos em novembro, ante estimativa de acréscimo de 93 mil vagas. Já a taxa de desemprego caiu para 7,7 por cento, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira.

"Esse dado é uma sinalização de que a retomada da economia norte-americana está nos trilhos, no caminho certo", disse o gestor Christian Klemt, da Solidus Corretora.

Apesar da resposta positiva ao dado, os mercados globais perderam força após pesquisa preliminar da Thomson Reuters/Universidade de Michigan mostrar piora na confiança do consumidor norte-americano em dezembro.

O risco do chamado abismo fiscal nos EUA também continuou trazendo alguma cautela aos negócios. Se não houver acordo, cerca de 600 bilhões de dólares em cortes de gastos e aumentos de impostos entrarão em vigor automaticamente no ano que vem, o que poderia jogar o país novamente na recessão.

"O cenário ainda está muito indefinido e isso tem deixado os investidores em cima do muro", disse o operador Ivo Moreira, da Banrisul Corretora.   Continuação...