Mandela, ex-presidente da África do Sul, é internado em hospital

sábado, 8 de dezembro de 2012 14:25 BRST
 

JOHANNESBURGO, 8 Dez (Reuters) - O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela foi internado em um hospital para exames, mas o governo afirmou que não há motivos para alarme.

Um comunicado do gabinete do presidente do país, Jacob Zuma, não ofereceu detalhes a respeito da condição do líder anti-apartheid de 94 anos de idade.

"O ex-presidente Mandela vai receber atenção médica periodicamente, de maneira consistente com sua idade", disse o comunicado.

"O presidente Zuma assegura que Madiba passa bem e que não há motivos para alarme", acrescentou, referindo-se a Mandela pelo nome de seu clã.

Mandela, que se tornou o primeiro presidente negro da África do Sul após a primeira eleição do país que incluiu todas as etnias em 1994, foi internado num hospital em fevereiro devido a dores abdominais, mas foi liberado um dia após um exame mostrar que não havia nenhum problema sério.

Desde então, ele passou boa parte de seu tempo em sua casa ancestral em Qunu, um vilarejo na província pobre do Cabo Leste.

Sua saúde frágil impede que ele faça quaisquer aparições públicas na África do Sul, embora nos últimos meses ele tenha continuado a receber visitantes de grande visibilidade, incluindo o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton.

(Reportagem de Ed Cropley)

 
O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela celebra seu aniversário em sua casa em Qunu, na África do Sul. Mandela foi internado em um hospital para exames, disse o governo do país neste sábado. 18/07/2012 REUTERS/Siphiwe Sibeko