Medicamento da Ariad é efetivo contra leucemia crônica, diz estudo

domingo, 9 de dezembro de 2012 11:51 BRST
 

(Reuters) - Um remédio experimental para a leucemia da Ariad Pharmaceuticals eliminou o câncer de medula óssea de quase metade dos pacientes com a forma crônica da doença e que não respondiam mais a outros medicamentos, de acordo com estudo de 12 meses da droga.

Os testes do medicamento, ponatinib, envolveram 444 pacientes, incluindo 267 com leucemia mieloide crônica e que tinham sido tratados previamente com medicamentos mais antigos. O estudo também mostrou que 56 por cento dos pacientes crônicos atingiram o objetivo de "grande resposta", o que significa que a doença praticamente desapareceu da medula óssea.

A Ariad já tinha apresentado neste ano resultados provisórios dos testes, e a Food and Drug Administration (FDA), agência norte-americana para controle de drogas e alimentos dos EUA, concordou em outubro em fazer uma revisão. A agência deve decidir até 27 de março se aprova o ponatinib.

"Esperamos a aprovação da FDA em algum momento do primeiro trimestre", afirmou Tim Clackson, chefe científico da Ariad. Ele disse que a empresa está preparada para lançar imediatamente as vendas do medicamento. "Acreditamos que os dados gerais dos testes sugerem atividade em todas as formas resistentes da doença."

(Reportagem de Deena Beasley)