Dilma diz ser "lamentável" tentar desgastar imagem de Lula com mensalão

terça-feira, 11 de dezembro de 2012 19:15 BRST
 

11 Dez (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira, em Paris, considerar "lamentável" o que chamou de "tentativas de desgastar" a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao associá-lo ao esquema do mensalão.

Lula teria autorizado empréstimos bancários ao PT que seriam utilizados no esquema de compra de apoio de parlamentares da base aliada no início do seu governo, segundo depoimento do empresário Marcos Valério revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo nesta terça-feira.

"Eu considero lamentável essas tentativas de desgastar a imagem do presidente Lula. Acho lamentável", disse Dilma em entrevista coletiva ao responder à pergunta sobre as declarações de Valério.

"Eu repudio todas as tentativas, essa não seria a primeira vez, de tentar destituí-lo da sua imensa carga de respeito que o povo brasileiro lhe tem", disse Dilma referindo-se a Lula, mas sem vincular diretamente as tentativas ao mensalão.

Valério, apontado como operador do mensalão e condenado a 40 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) disse em depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR) em setembro que Lula deu "ok" aos empréstimos numa reunião no Palácio do Planalto junto com o então ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o tesoureiro do PT à época, Delúbio Soares.

Dirceu e Delúbio também foram condenados à prisão pelo STF por envolvimento no esquema.

Lula, que também está em Paris e participou de evento ao lado de Dilma mais cedo, classificou as afirmações de Valério como "mentiras".

(Por Hugo Bachega, em Brasília)