ONU condena Coreia do Norte; Conselho de Segurança vai se reunir

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012 09:17 BRST
 

NAÇÕES UNIDAS, 12 Dez (Reuters) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou veementemente nesta quarta-feira o lançamento de um foguete pela Coreia do Norte e expressou preocupação de que a atitude norte-coreana possa impactar negativamente as perspectivas de paz e segurança na região.

"O secretário-geral deplora o lançamento de foguete anunciado pela República Democrática Popular da Coreia", declarou o porta-voz de Ban, Martin Nesirky, em comunicado.

"É uma clara violação da resolução 1874 do Conselho de Segurança, em que o Conselho exige que a Coreia do Norte não conduza qualquer lançamento com tecnologia de mísseis balísticos", disse o comunicado.

O Conselho de Segurança da ONU informou que o órgão, composto por 15 nações, vai discutir o lançamento durante uma reunião programada para outros assuntos, que começa às 13h (horário de Brasília) desta quarta.

O Japão pediu uma reunião do Conselho de Segurança sobre o lançamento do míssil.

O porta-voz disse que Ban vinha pedindo a líderes da Coreia do Norte que não realizassem o lançamento do foguete, e, "em vez disso, construírem confiança com seus vizinhos enquanto dão passos para melhorarem a vida das pessoas."

"O secretário-geral está preocupado com as consequências negativas que este ato provocativo possa ter sobre a paz e estabilidade da região", informou o comunicado, acrescentando que Ban estava em contato com governos "envolvidos".

(Reportagem de Louis Charbonneau)

 
Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, fala com a imprensa durante visita ao campo de refugiados de Al Zaatri, na cidade jordaniana de Mafraq, perto da fronteira com a Síria. Ban Ki-moon condenou veementemente o lançamento de um foguete pela Coreia do Norte e expressou preocupação de que a atitude norte-coreana possa impactar negativamente as perspectivas de paz e segurança na região. 7/12/2012 REUTERS/Muhammad Hamed