Leilão da 1a fase do trem-bala é marcado para setembro de 2013

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 15:44 BRST
 

13 Dez (Reuters) - O leilão da primeira fase da concessão do trem-bala que ligará as cidades de Campinas (SP), São Paulo e Rio de Janeiro ocorrerá em 19 de setembro do ano que vem, um atraso de quase quatro meses em relação à data inicialmente prevista na minuta do edital que foi para consulta pública, que era 29 de maio.

O certame ocorrerá às 14h na BM&FBovespa, em São Paulo, segundo publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, em que foi autorizado o modelo de concessão e o aviso de publicação do edital da licitação.

Os envelopes com a documentação e a proposta econômica dos proponentes deverá ser entregue entre 9h e 14h de 13 de agosto de 2013, também na sede da bolsa paulista.

O edital do leilão e a minuta do contrato de concessão já está disponíveis no site da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Na primeira fase do leilão será escolhido o operador do serviço e a tecnologia a ser adotada, enquanto na segunda, prevista para 2014, será definido o concessionário responsável pela infraestrutura do projeto.

A receita total a ser arrecadada pelo grupo que ficar com a concessão da operação do serviço do trem-bala brasileiro será de 241,7 bilhões de reais ao longo dos 40 anos de contrato, segundo indicação constante na minuta do contrato de concessão.

O edital confirma que o critério para a escolha do vencedor do leilão será a melhor relação entre o valor de outorga a ser pago ao governo e o menor custo de investimento exigido para a construção da infraestrutura.

A construção da infraestrutura, aliás, caberá ao segundo concessionário, a ser escolhido em outro leilão que será feito pelo governo.

O edital confirma que o valor mínimo de outorga a ser pago pelos interessados na operação do trem-bala será de 66,12 reais por quilômetro rodado por um trem padrão (de 200 metros de extensão).   Continuação...