Alemanha pode cortar previsão de crescimento do PIB de 2013

terça-feira, 18 de dezembro de 2012 10:12 BRST
 

BERLIM, 18 Dez (Reuters) - O governo da Alemanha está considerando cortar sua previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da maior economia da Europa no próximo ano em relação à perspectiva atual de expansão de 1 por cento, afirmou o vice-ministro de economia do país, Bernhard Heitzer, à Reuters.

O Ministério da Economia vai provavelmente aderir a uma série de instituições que cortaram suas previsões quando divulgar oficialmente seus números em meados de janeiro. O Bundesbank reduziu no início deste mês sua estimativa para expansão de 0,4 por cento, contra 1,6 por cento previsto anteriormente. Enquanto isso, o centro de estudos Ifo cortou praticamente pela metade suas expectativas para 0,7 por cento.

"Em relação à perspectiva de hoje, haverá uma necessidade de se revisar para baixo", disse Heitzer. "O período de inverno terá atividade fraca."

Heitzer afirmou que o consumo privado e o investimento em construção ainda serão relativamente fortes, mas as exportações crescerão num ritmo mais lento que as importações e a produção industrial vai encolher.

"Um declínio no crescimento econômico no quarto trimestre, portanto, está na mesa", afirmou.

A Alemanha tem se mostrado um motor de crescimento durante a crise de três anos do euro, mas a fraqueza em outros mercados na União Europeia, para onde o país vende 60 por cento de seus produtos exportados, está começando a se fazer sentir na economia alemã.

(Por Sarah Marsh)

 
Sala de concertos 'Elbphilharmonie' em construção, em Hamburgo. Governo da Alemanha está considerando cortar sua previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da maior economia da Europa. O consumo privado e o investimento em construção ainda serão relativamente fortes, mas as exportações crescerão num ritmo mais lento. 10/09/2012 REUTERS/Fabian Bimmer