EUA pedem união política no Egito após aprovação de Constituição

terça-feira, 25 de dezembro de 2012 18:31 BRST
 

WASHINGTON, 25 Dez (Reuters) - Os Estados Unidos pediram a todas as correntes no Egito que elevem suas responsabilidades políticas após autoridades do país anunciarem que os eleitores aprovaram por ampla maioria a nova Constituição elaborada pelos aliados islamitas do presidente Mohamed Mursi.

"O presidente Mursi, na condição de líder democraticamente eleito do Egito, tem uma responsabilidade especial de seguir adiante em um caminho que reconheça a necessidade urgente de construção de uma ponte entre as divisões (políticas)", afirmou o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano Patrick Ventrell em comunicado.

Ventrell comentou ainda que muitos egípcios deram voz a "preocupações significativas" sobre o processo constitucional.

"Esperamos que esses egípcios desapontados com o resultado busquem um engajamento maior e mais profundo. (...) Esperamos que todos os lados assumam um novo compromisso de condenar e evitar a violência", acrescentou Ventrell.

(Reportagem de Andrew Quinn)