Movimentação de cargas por Santos deverá crescer 5,8% em 2013

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 16:11 BRST
 

SÃO PAULO, 2 Jan (Reuters) - O porto de Santos, o principal do país, deverá registrar um novo recorde de movimentação de cargas em 2013, em 109 milhões de toneladas.

O volume representa um crescimento de 5,8 por cento na comparação com o total projetado para 2012, previu nesta quarta-feira a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

"As expectativas para 2013 consideram um cenário econômico mundial em processo de recuperação gradual", afirmou em nota Codesp, que administra o porto.

As exportações por Santos estão estimadas em 75,78 milhões de toneladas (aumento de 5,7 por cento ante 2012), enquanto as importações em 2013 estão previstas em 33,28 milhões de toneladas (alta de 6 por cento ante o ano passado).

Os embarques de açúcar por Santos, por onde se escoa a maioria do adoçante exportado pelo maior exportador global da commodity, deverão crescer 5,3 por cento, para 17,3 milhões de toneladas, disse a Codesp, lembrando que o centro-sul terá um importante excedente exportável.

O açúcar é o produto mais movimentado pelo complexo portuário santista.

Os embarques de soja (em grão e peletizada) estão estimados neste ano em 15,2 milhões de toneladas, aumento de 11,2 por cento na comparação com 2012.

"As projeções positivas para a soja em grão se devem às expectativas favoráveis para a safra 2012/2013", disse a companhia, lembrando que as perspectivas indicam uma produção recorde para o Brasil na temporada.

O país poderá assumir ocupar a liderança global na exportação da oleaginosa, lembrou a Codesp citando dados da Associação Brasileira de Óleos Vegetais (Abiove).   Continuação...

 
Homem passa por contêiners e caminhões esperando apra desembarcar suas cargas no Porto de Santos, no Brasil. O porto, principal do país, deverá registrar um novo recorde de movimentação de cargas em 2013, em 109 milhões de toneladas. 20/09/2012 REUTERS/Nacho Doce