January 5, 2013 / 11:58 AM / 5 years ago

Portugal não precisa de reestruturação da dívida, diz Lagarde

2 Min, DE LEITURA

Chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, gesticula durante reunião no Chile, em dezembro. Uma reestruturação da dívida de Portugal está fora de questão e o programa de resgate ao país está progredindo bem, disse Lagarde neste sábado. 14/12/2012Eliseo Fernandez

LISBOA, 5 Jan (Reuters) - Uma reestruturação da dívida de Portugal está fora de questão e o programa de resgate ao país está progredindo bem, disse a chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, neste sábado.

Lagarde disse à revista semanal portuguesa Expresso que também está confiante que Portugal não vai seguir os passos da Grécia, que entrou numa espiral de recessão econômica.

A União Europeia e o FMI concederam a Portugal um pacote de ajuda de 78 bilhões de euros em 2011, e os credores têm elogiado o país por cumprir a maioria das exigências. No ano passado, as metas rígidas para o orçamento foram flexibilizadas, uma vez que a pior recessão em Portugal desde os anos 1970 prejudicou as receitas com impostos.

"Isso está fora de questão", disse Lagarde à revista, quando perguntada se Portugal pode ser forçado a reestruturar sua dívida.

"As autoridades portuguesas estão determinadas a fazer o que é necessário para completar o programa de forma a recuperar o acesso ao mercado (de títulos)", acrescentou.

Lagarde disse ainda que o FMI deve aprovar a nova parcela de empréstimo ao país, após uma sexta revisão das contas.

"As autoridades portuguesas e os portugueses têm sido extremamente corajosos e firmes em aplicar as reformas difíceis e dolorosas", disse.

Alguns economistas dizem que Portugal pode ser forçado a ampliar o acordo de empréstimo para além deste ano, quando está previsto que volte ao mercado de títulos para se financiar a partir do terceiro trimestre.

Lagarde disse que Portugal não deve esperar qualquer mudança no acordo. "Mas temos que adaptar o programa, rever a revisão, levando em conta todas as implicações", disse.

Reportagem de Axel Bugge

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below