Monsanto registra lucro maior que o esperado no 1o tri fiscal

terça-feira, 8 de janeiro de 2013 12:46 BRST
 

8 Jan (Reuters) - A Monsanto Co, maior companhia mundial de sementes, teve aumento do lucro no ano fiscal 2013 e entregou resultados surpreendemente fortes no primeiro trimestre, citando o crescimento na América Latina e o início das vendas de sementes nos EUA para temporada de verão no hemisfério norte.

As ações subiram quase 4 por cento na pré-abertura depois que a companhia informou que as vendas cresceram 21 por cento no trimestre, levando a um lucro trimestral de 339 milhões de dólares, ou 63 centavos por ação, versus 126 milhões de dólares, ou 23 centavos de dólar por ação, um ano antes.

Em bases contínuas, a companhia ganhou 62 centavos por ação no primeiro trimestre encerrado em novembro, bem acima dos 37 centavos por ação apontado por analistas, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A produtora de milho, soja e outras culturas geneticamente modificadas elevou sua estimativa de lucro no ano fiscal para o intervalo de 4,30 a 4,40 dólares por ação, em bases contínuas, também acima da projeção anterior de 4,18 a 4,32 dólares por ação.

A Monsanto informou que as vendas de tecnologia e sementes de milho na América Latina e nos Estados Unidos foram essenciais para o salto de 21 por cento nas vendas, para 2,9 bilhões de dólares no trimestre.

O presidente da Monsanto, Hugh Grant, disse que os esforços de expansão da companhia no Brasil e na Argentina estão sendo pagos, com as novas sementes de milho atraindo os produtores.

Os produtores dos EUA também estão ajudando a puxar as fortes vendas de semente de milho, com pedidos antecipados para sementes que serão cultivadas na safra de verão do hemisfério norte, segundo a Monsanto.

A companhia espera um aumento na área dos EUA tanto com o milho, principal cultura, como a soja, disseram executivos.

(Reportagem de Carey Gillam)