Vendas do Grupo Pão de Açúcar desaceleram no 4o tri

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 12:24 BRST
 

SÃO PAULO, 11 Jan (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar fechou o quarto trimestre, o mais importante para o varejo, com vendas maiores na comparação anual, porém em ritmo de crescimento inferior ao visto nos três meses anteriores, sinalizando que o setor de consumo pode não ter deixado totalmente para trás a desaceleração vivida em 2012.

A maior varejista do país teve vendas líquidas de 14,584 bilhões de reais entre outubro e dezembro, alta de 9,1 por cento sobre um ano antes, em um trimestre marcado por eventos como o Natal. De julho a setembro, entretanto, as vendas líquidas haviam crescido 9,7 por cento também em base anual.

Já as vendas pelo conceito mesmas lojas --que considera aquelas em operação há pelo menos 12 meses-- subiram 5,8 por cento no quarto trimestre, bem abaixo do avanço de 7,1 por cento apurado nos três meses anteriores.

As ações do Pão de Açúcar exibiam o maior recuo intradiário em quase 8 meses após a divulgação dos dados, recuando mais de 3 por cento às 10h35, enquanto o Ibovespa caía 0,46 por cento.

Assim como outras varejistas, o Pão de Açúcar viu as vendas crescerem menos que o esperado ao longo dos trimestres do ano passado, com os consumidores mais cautelosos, apesar de medidas de incentivo adotadas pelo governo. Nesse sentido, a aposta da companhia estava no último trimestre do ano.

"Devemos viver um quarto trimestre melhor que o do ano passado", afirmou em agosto o presidente-executivo da varejista, Enéas Pestana, se referindo ao período que conta com as vendas de Natal, que chegam a ser entre 40 e 60 por cento superiores às de um mês convencional.

No quarto trimestre, as vendas comparáveis (mesmas lojas) da categoria de alimentos cresceram 7,8 por cento, com aumento real (deflacionado) de 2 por cento. Já em eletroeletrônicos houve queda de 1,6 por cento nas vendas da bandeira Extra, pela forte base de comparação, segundo o grupo.

A ViaVarejo, que engloba Ponto Frio, Casas Bahia e Nova Pontocom, teve vendas brutas 6,9 por cento maiores e vendas mesmas lojas 6 por cento superiores ano a ano. No comércio eletrônico apenas, as vendas mesmas lojas subiram 3,1 por cento.

No ano passado como um todo, as vendas líquidas somaram 50,924 bilhões de reais, 9,3 por cento maiores ante 2011. As vendas comparáveis foram 7 por cento superiores em 2012, também em patamar inferior ao do ano anterior, quando houve alta de 8,8 por cento.   Continuação...

 
Homem passa em frente a uma unidade do supermercado Pão de Açúcar em Sao Paulo, em fevereiro de 2011. O Grupo Pão de Açúcar fechou o quarto trimestre, o mais importante para o varejo, com vendas maiores na comparação anual, porém em ritmo de crescimento inferior ao visto nos três meses anteriores, sinalizando que o setor de consumo pode não ter deixado totalmente para trás a desaceleração vivida em 2012. 28/06/2011 REUTERS/Nacho Doce