Corte rejeita pedido para suspender julgamento de Berlusconi

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 13:54 BRST
 

MILÃO, 14 Jan (Reuters) - Uma corte de Milão rejeitou, nesta segunda-feira, o pedido dos advogados de Silvio Berlusconi para que o julgamento do ex-premiê italiano por ter pago por sexo com uma prostituta menor de idade fosse suspenso até as eleições nacionais nos dias 24 e 25 de fevereiro.

A equipe jurídica do bilionário da mídia, de 76 anos, argumentou que a posição dele como líder da coalizão de centro-direita que disputa as eleições constitui um impedimento legítimo para seu comparecimento diante da corte.

(Reportagem de Silvia Aloisi)

 
Ex-premiê italiano Silvio Berlusconi gesticula durante aparição no programa “Porta a Porta “do canal de TV RAI, em Roma. Uma corte de Milão rejeitou o pedido dos advogados de Silvio Berlusconi para que o julgamento do ex-premiê italiano por ter pago por sexo com uma prostituta menor de idade fosse suspenso até as eleições nacionais. 09/01/2013 REUTERS/Remo Casilli