Chávez nomeia Elías Jaua como novo chanceler da Venezuela

terça-feira, 15 de janeiro de 2013 22:02 BRST
 

Por Marianna Parraga e Deisy Buitrago

CARACAS, 15 Jan (Reuters) - O governo da Venezuela afirmou nesta terça-feira que o presidente Hugo Chávez nomeou seu incondicional aliado Elías Jaua como o novo chanceler do país, a decisão de maior peso desde que o líder socialista foi a Cuba para se submeter a uma nova cirurgia contra o câncer.

Chávez está hospitalizado na ilha comunista e não é visto nem ouvido há mais de um mês, apesar de seus colaboradores indicarem que ele está consciente e a par do que acontece na potência petrolífera.

O vice-presidente, Nicolás Maduro, que está à frente do governo devido à ausência de Chávez, fez o inesperado anúncio durante um evento na Assembleia Nacional em que cumpriu com a tarefa presidencial de fazer um balanço anual do governo.

"Quero informar que o presidente da República acaba de nomear Elías Jaua como ministro das Relações Exteriores", disse Maduro. Jaua foi vice-presidente de Chávez até outubro, quando o presidente designou Maduro para o cargo.

O breve evento na assembleia, que contrastou com a longa sessão de janeiro de 2012 quando Chávez falou durante nove horas e meia, marca a segunda ausência importante do líder socialista.

A primeira foi em 10 de janeiro, quando não se apresentou para a posse do novo mandato conquistado em outubro, apesar de a Constituição estipular que o juramento deva acontecer nessa data. Sua ausência alimentou dúvidas sobre sua capacidade real de seguir no comando.

O máximo tribunal do país sul-americano decidiu na semana passada que embora o presidente ainda não tenha assumido o cargo para o período 2013-2019, o vice-presidente e os ministros continuam em suas funções.

REAÇÃO   Continuação...