Sequestradores ligados à Al Qaeda prometem mais ações, diz agência

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 10:34 BRST
 

PARIS, 18 Jan (Reuters) - O grupo ligado à Al Qaeda que afirma estar por trás do sequestro de dezenas de pessoas num complexo de gás na Argélia prometeu, nesta sexta-feira, realizar mais operações, disse a agência de notícias da Mauritânia ANI, citando um porta-voz do grupo.

O grupo Mulathameen alertou os cidadão argelinos a "ficarem longe de instalação de companhias estrangeiras, uma vez que vamos atacar onde é menos esperado", disse a ANI.

Não foi possível verificar de forma independente a reportagem da ANI de imediato, mas a agência tem contatos próximos com o grupo liderado por Mokhtar Belmokhtar.

(Reportagem de Daniel Flynn)

 
Foto de arquivo da bandeira argelina. Grupo ligado à Al Qaeda que afirma estar por trás do sequestro de dezenas de pessoas num complexo de gás na Argélia prometeu, nesta sexta-feira, realizar mais operações, disse a agência de notícias da Mauritânia ANI, citando um porta-voz do grupo. 15/01/2011 REUTERS/Muhammad Hamed