Cerca de 10 britânicos ainda estão desaparecidos na Argélia, diz Hague

sábado, 19 de janeiro de 2013 13:01 BRST
 

LONDRES, 19 Jan (Reuters) - A maioria dos britânicos na crise de reféns em uma usina de gás na Argélia está a salvo mas o destino de menos de 10 deles ainda é desconhecido, disse o secretário de Relações Exteriores britânico, William Hague, no sábado.

"Até agora, há menos de 10 britânicos em risco ou desaparecidos, mas isso significa claramente que precisamos continuar a nos preparar para notícias ruins", disse Hague em um pronunciamento na televisão.

Hague disse que falou com o secretário argelino para ressaltar a necessidade de informações corretas e atualizadas sobre o desdobramento da crise no complexo.

"Estou feliz em dizer que temos agora uma equipe consular em terra em In Amenas. Eles já estão atendendo os britânicos. Nosso embaixador também está a caminho com mais pessoas da equipe", disse.

"Temos um time em Hassi Messaoud, o ponto normal de entrada e saída da área", acrescentou.

Hague disse que o primeiro ministro britânico David Cameron conversaria com o premiê da Argélia Abdelmalek Sellal, mais tarde, neste sábado.

"Todo esse incidente destaca a escala e crueldade da ameaça terrorista que nós e outras nações enfrentamos. Nós destacamos nosso compromisso de lidar com isso e derrotar esse terrorismo."

(Reportagem de Estelle Shirbon)