Líderes da oposição da Síria irão se encontrar em Paris, diz ministro

domingo, 20 de janeiro de 2013 13:26 BRST
 

PARIS, 20 Jan (Reuters) - Os líderes da oposição síria se reunirão em Paris neste mês, disse o chanceler francês Laurent Fabius neste domingo, condenando uma situação "abominável" em que ele disse que 100 pessoas por dia são mortos na revolta contra o presidente Bashar al-Assad.

"Haverá uma reunião da coalizão em Paris, em poucos dias, no dia 28. É uma coalizão reconhecida por mais de 100 países, liderados por pessoas extremamente respeitáveis ​​que querem simplesmente restaurar a democracia na Síria", disse ele.

Os líderes de oposição da Síria se reuniram em Istambul no sábado para formar uma segunda tentativa de formar um governo de transição.

Um acordo entre a Coalizão Nacional, um grupo formado em novembro passado, poderia ajudar a atender a preocupação internacional sobre o risco de a Síria se desintegrar ao longo de linhas étnicas e sectárias se Assad cair.

Fabius, em entrevistado à rádio Europe 1, disse que a reunião de Paris no final deste mês irá envolver os "principais apoiadores" da coalizão de oposição.

(Por Brian Love)

 
Manifestantes saíram às ruas de Jubar, próximo à capital síria Damasco, para protestar contra o ditador do país Bashar al-Assad. Líderes da oposição devem se encontrar em Paris no dia 28. 18/01/2013 REUTERS/Abu Adel Al-Jubarani/Shaam News Network/Handout