Futuro do Estádio Olímpico de Londres será decidido em março

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 17:37 BRST
 

Por Maria Golovnina

LONDRES, 25 Jan (Reuters) - Os chefes do Comitê Olímpico britânico, na esperança de garantir um futuro para as custosas arenas esportivas de Londres, esperam encontrar em março um interessado permanente para o principal estádio-- um negócio visto como medidor da saúde financeira do projeto.

Seis meses após sediar os Jogos Olímpicos, incertezas sobre o futuro do estádio são vistas como um teste para a capacidade britânica de tornar o complexo em uma nova e vibrante parte da capital inglesa.

Representantes da entidade escolheram o clube de futebol West Ham como interessado de preferência em 2011, mas o negócio fracassou por conta de uma disputa legal. O West Ham foi reinstalado como o mais provável inquilino no mês passado, mas as negociações não foram concluídas.

Falando a repórteres dentro do Parque Olímpico --agora abandonado cheio de prédios semi-desmontados e com campos cheios de neve-- os representantes disseram que as conversas devem ser concluídas em março.

"Estamos tratando de detalhes financeiros para chegar ao ponto no qual um contrato pode ser assinado", disse Colin Naish, diretor executivo de infraestrutura do Parque Olímpico.

"O West Ham é nosso principal interessado até o momento... as conversas estão progredindo", acrescentou.

Londres tem se ocupado de assegurar o futuro de muitos outros locais olímpicos, muitos dos quais, incluindo a arena de basquete, estão no processo de serem desmontados e embarcados para reutilização em outros lugares.

Os Jogos de Londres podem ter sido um grande sucesso, mas há preocupações sobre o futuro do Parque Olímpico e observadores alertaram que a crise financeira global exacerbou o risco de se tornar um custoso elefante branco.

Um novo acordo manteria o estádio de 430 milhões de libras (693 milhões de euros) sob propriedade pública, mas concederia ao clube de futebol um contrato de uso de 99 anos.

 
Os chefes do Comitê Olímpico britânico, na esperança de garantir um futuro para as custosas arenas esportivas de Londres, esperam encontrar em março um interessado permanente para o principal estádio (foto)-- um negócio visto como medidor da saúde financeira do projeto. REUTERS/Olivia Harris