Desemprego no Brasil fecha 2012 em 4,6%, menor nível histórico--IBGE

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 12:02 BRST
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO, 31 Jan (Reuters) - A taxa de desemprego no Brasil fechou 2012 no seu menor nível histórico, ao mesmo tempo em que a renda do trabalhador acumulou ganhos no ano, mas o mercado de trabalho mostrou uma importante desaceleração na criação de novas vagas.

Em dezembro, o desemprego brasileiro caiu para 4,6 por cento, ante 4,9 por cento em novembro, desbancando o recorde anterior de 4,7 por cento atingido em dezembro de 2011, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.

O número de agora, no entanto, veio um pouco acima do esperado pelo mercado. Pesquisa da Reuters mostrou que a taxa recuaria para 4,4 por cento, segundo a mediana das previsões de 27 analistas consultados. As estimativas variaram de 4,0 a 4,9 por cento.

"Tem o efeito de uma menor procura (de emprego) entre Natal e Reveillón, e pessoas que já se inseriram no mercado em novembro para trabalhar... Quem não conseguiu (se inserir no mercado) pára e retoma (a procura) em janeiro", explicou a economista do IBGE Andriana Berenguy.

Segundo o IBGE, a taxa média de desemprego em 2012 ficou em 5,5 por cento, também recorde de baixa na série histórica iniciada em março de 2002. O resultado veio mesmo após o pior ano de geração de emprego formal em uma década, com 1,3 milhão de novos postos de trabalho em 2012.

Esse quadro foi consequência do mau desempenho da economia no ano passado e também captado pelo IBGE. Segundo o instituto, a geração de emprego formal teve expansão anual de 3,7 por cento em 2012, contra 6,8 por cento no ano anterior. Já a geração geral de postos de trabalho cresceu 2,2 por cento no ano passado, mantendo o ritmo do ano anterior.

"Você sente a crise pela menor geração de emprego e menos trabalho registrado", afirmou o coordenador da pesquisa, Cimar Azeredo.

RENDA EM ALTA   Continuação...

 
Vendedora arruma frascos de perfumes e óleos feitos de frutas e plantas da região amazônica, no Mercado Ver o Peso, em Belém. A taxa de desemprego no Brasil fechou 2012 no seu menor nível histórico, ao mesmo tempo em que a renda do trabalhador acumulou ganhos no ano. 11/01/2012 REUTERS/Paulo Santos