EUA querem impedir compra do Grupo Modelo pela InBev

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 15:03 BRST
 

WASHINGTON/BRUXELAS, 31 Jan (Reuters) - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos abriu processo para impedir a Anheuser-Busch InBev de comprar metade da cervejaria mexicana Grupo Modelo que ainda não possui.

O departamento informou que a operação de 20,1 bilhões de dólares vai reduzir a concorrência no mercado norte-americano de cerveja. A Anheuser-Busch InBev afirmou em resposta que vai contestar "vigorosamente" o processo aberto para impedir a aquisição.

"Se a ABI detiver e controlar totalmente a Modelo, a ABI será capaz de aumentar preços de cerveja para consumidores norte-americanos. O processo busca impedir que a ABI elimine a Modelo como uma importante força competitiva na indústria de cerveja", afirmou Bill Baer, advogado geral assistente encarregado pela divisão antitruste do departamento.

(Por Diane Bartz e Philip Blenkisop)

 
A bottle of Corona beer sits in a cooler at a bar in Cancun June 29, 2012. Anheuser Busch InBev, the world's biggest brewer, is taking over Mexico's Grupo Modelo for $20.1 billion, giving it dominance in Latin America's second-largest economy and adding Corona, the top-selling imported beer in the United States, to its brands. The long-awaited deal is the biggest foreign buyout of a Mexican company in more than 20 years and shows how much global brewers are willing to pay for developing market growth in an increasingly consolidated industry. REUTERS/Victor Ruiz Garcia (MEXICO - Tags: BUSINESS) - RTR34DN6