EXCLUSIVO-Coreia do Norte diz à China que está pronta para novo teste nuclear

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 13:26 BRST
 

Por Benjamin Kang Lim

PEQUIM, 15 Fev (Reuters) - A Coreia do Norte disse à China, sua principal aliada, que está preparada para realizar mais um ou até dois testes nucleares este ano, em um esforço para tentar pressionar os EUA a participar de as negociações diplomáticas com Pyongyang, disse uma fonte com conhecimento direto da mensagem.

Novos testes também podem ser acompanhados este ano por outro lançamento de foguete, disse a fonte, que tem acesso direto ao alto escalão do governo em Pequim e Pyongyang.

A Coreia do Norte realizou seu terceiro teste nuclear na terça-feira e passou a ser alvo de repúdio global e sofreu uma severa advertência dos Estados Unidos, que consideraram como uma ameaça e uma provocação.

"Está tudo pronto. Um quarto e um quinto teste nuclear e um lançamento de foguete podem ser conduzidos em breve, possivelmente este ano", disse a fonte, acrescentando que o quarto teste nuclear seria muito maior do que o terceiro, em um equivalente a 10 quilotons de TNT.

Os testes serão realizados, segundo a fonte, a menos que Washington mantenha conversações com a Coreia do Norte e abandone a sua política que Pyongyang vê como tentativa de mudar o regime.

A Coreia do Norte também reiterou o seu desejo de longa data para os Estados Unidos assinarem um acordo de paz final com o país e estabelecerem relações diplomáticas, afirmou ele. O Norte continua tecnicamente em guerra com os Estados Unidos e a Coreia do Sul depois que a guerra da Coreia terminou em 1953 em uma trégua.

Estimativas iniciais do teste desta semana feitas pelo Exército da Coreia do Sul colocaram o produto no equivalente a 6-7 quilotons, embora uma avaliação final do produto e do material usado na explosão possa demorar semanas.

O último teste da Coreia do Norte, o seu terceiro desde 2006, provocou alertas de Washington e outros de que mais sanções seriam impostas ao país isolado. O Conselho de Segurança da ONU apenas reforçou as sanções a Pyongyang após seu lançamento de um foguete de longo alcance em dezembro.   Continuação...

 
Soldados norte-coreanos são vistos ao fazerem saudação em Pyongyang. A Coreia do Norte disse à China, sua principal aliada, que está preparada para realizar mais um ou até dois testes nucleares este ano, em um esforço para tentar pressionar os EUA a participar de as negociações diplomáticas com Pyongyang, disse uma fonte com conhecimento direto da mensagem. 15/02/2013 REUTERS/Kyodo